segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

NÃO

Um ano depois de solicitarmos a alteração do projeto para que, das obras de reabilitação, não resultassem impactos negativos sobre a onda do Cabedelo, o risco mantém-se. Apesar da revisão do projeto contemplar o recuo da praça, a obra marítima prevista, para além de não afastar a ameaça à qualidade da onda (backwash) ainda agrava o perigo sobre a praia (agitação no agueiro junto ao molhe). 
Estivemos na Câmara Municipal em 14/01 para dizer que NÃO vamos aceitar muros contra o mar, voltaremos a reunir em breve com a mesma posição.

Sem comentários: