quinta-feira, 25 de julho de 2013

AS BEIRAS em 25 de Julho

Miguel Figueira, Graeme Mcllwain e Eurico Gonçalves.

A VOZ DA FIGUEIRA em 24 de Julho







































Miguel Figueira, Graeme Mcllwain e Eurico Gonçalves na Secretário de Estado do Mar onde reuniram com o Dr. Manuel Pinto de Abreu e responsáveis da Agência Portuguesa do Ambiente.

... da reunião com a Comunidade Portuária saímos com a convicção de que já não há equívocos quanto às nossas intenções, abrindo-se todas as possibilidades à incorporação dos nossos contributos. Também com a Arte-Xávega, que hoje luta por uma excepção à lei que enquadre devidamente esta forma ancestral de relacionamento com o mar, encontrámos grandes afinidades, já que é com esta gente que mais nos identificamos, sendo certo que nós, como eles, encaramos o mar de frente e dependemos da qualidade das ondas, não usamos o porto, mas sentimos bem o seu impacto. Do Dr Manuel Pinto de Abreu continuamos com a melhor impressão, promoveu um encontro que julgamos que terá sido extremamente esclarecedor, na medida em que possibilitou o frente-a-frente dos especialistas da APA com Graeme Mcllwain dissipando toda e qualquer dúvida sobre a tecnologia do BYPASS. Aproveitámos para manifestar o nosso descontentamento no que concerne à revisão do POOC e deixámos a provocação da possibilidade de utilização do depósito de areia em que se transformou a praia da claridade numa solução integrada que viabilize a sustentabilidade da instalação do sistema de BYPASS. Simplificando, avançámos com o sacrilégio da possibilidade de comercialização da areia. Reiterámos a provocação na Prova Oral da Antena 3, onde invocámos a Constituição da República Portuguesa em defesa da nossa posição face à acusação de promoção de eventual ilegalidade que, a verificar-se, não deveria ser motivo de espanto... afinal trata-se de um movimento cívico que procura uma mudança de paradigma. O melhor presságio desta agenda é que não temos nenhum compromisso em integrar qualquer grupo de trabalho ou ficar à espera de supostas comissões de acompanhamento, resposta institucional frequentemente usada para que nada se faça. Estamos portanto optimistas. Expectantes com a possibilidade do fim deste percurso cívico que terminará no dia da reposição da deriva litoral.

DIÁRIO DE COIMBRA em 23 de Julho


Na segunda visita do engenheiro australiano, Graeme Mcllwain, responsável pelo projecto do BYPASS do Tweed River, sistema que defendemos para a foz do Mondego, reunimos na Figueira da Foz com a Comunidade Portuária e no Centro de Estudos do Mar com a Associação Portuguesa de Pesca de Arte-Xávega. Em Lisboa reunimos com o Dr. Manuel Pinto de Abreu, Secretário de Estado do Mar, e responsáveis da Agência Portuguesa do Ambiente.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

CIDADESURF passa na Prova Oral


Eurico Gonçalves, Fernando Alvim, Xana Alves e Miguel Figueira, RTP_Antena 3.
Link do programa aqui.

terça-feira, 16 de julho de 2013

this is not a summer campaign

 photo THIS-IS-NOT_GIF_zps9b4efe07.gif

segunda-feira, 15 de julho de 2013

domingo, 14 de julho de 2013

a voz da figueira


quarta-feira, 10 de julho de 2013

desnorte

Referências aos antípodas promovem desnorte na decisão da autarquia sobre o areal da praia _ artigo completo em A Voz da Figueira de 10 de Julho.

... Na documentação de apoio à decisão tomada pela Câmara encontra-se ainda informação sobre o programa Beachcare (projecto australiano de voluntariado para cuidado das praias), promovido pela Griffith Centre for Coastal Management, instituição australiana que conhecemos bem e com quem temos mantido, desde 2011, contactos regulares, depois de termos sido convidados para ali proferir a conferência do projecto CIDADESURF, na sequência da vitória no Movimento Milénio. Dirigido à população, o objectivo do programa Beachcare prende-se com a consolidação das dunas, remoção de ervas intrusivas, recolha selectiva de lixo... na óptica do que Cyril Simeone defende para a nossa praia da claridade. Acontece que, na nossa deslocação à Austrália, visitámos os lugares descritos no programa Beachcare, e não temos qualquer dúvida que deveríamos seguir integralmente o exemplo dos antípodas. Integralmente, com as necessárias adaptações... porque no outro lado do mundo a deriva litoral funciona em sentido contrário. Que quer isto dizer? Quer dizer que os estudos referidos reportariam, para o nosso contexto, a intervenções a sul do Mondego e não a norte... 

terça-feira, 9 de julho de 2013

jornal i

link aqui

segunda-feira, 8 de julho de 2013

quarta-feira, 3 de julho de 2013

no sunset