quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Projecto CIDADE SURF @Convento do Beato


"Para Norte, pela A8, uma auto-estrada de surfistas que passa pela Ericeira, Peniche e Nazaré, chega-se à Figueira da Foz...

...O grupo quer pôr a Figueira no mapa mundial, porque há uma candidatura do Cabo Mondego a Reserva Mundial de Surf e porque a onda de Buarcos é considerada a “direita” mais longa da Europa.

Mas este grupo – onde há apoios de campeões do surf como Tiago Pires ou Kelly Slater, e de figuras públicas como Pedro Adão e Silva (politólogo), Gonçalo Cadilhe (cronista e escritor de viagens) ou Pedro Lima (ator) – tem um projeto global para a Figueira, chamado Cidade Surf que ultrapassa as fronteiras do desporto. Tudo porque o prolongamento do molhe alterou a dinâmica das areias no fundo do mar e a boa onda da Praia do Cabedelo, no sul da cidade, do outro lado da foz do Mondego, está seriamente ameaçada pela erosão."

"Virgílio Azevedo in - Revista Unica"



João Capucho, José Luis Biscaia, Pedro Mauricio Borges, António Pedro, Francisco Cipriano
Pedro Lima, Eurico Gonçalves, Gonçalo Cadilhe, Miguel Figueira, João Valente

"Na Figueira da Foz a salvação da onda do Cabedelo tornou-se questão política, a partir do momento em que começaram as obras no porto comercial e as condições naturais na zona ficaram ameaçadas. A comunidade local reagiu, nasceu o movimento SOS Cabedelo e hoje o projecto de desenvolvimento da cidade está traçado em função daquela que é uma das melhores direitas do país (onde ainda há bem pouco tempo houve uma prova organizada pela ASP, a FIFA do Surf).
A cidade virou-se ao mar. Como em todo o lado, há quem apareça na Figueira apenas para surfar e ir embora, mas um turista que queira ficar ali uns dias pode gastar "entre 80 e 100 euros por dia", explica Eurico Gonçalves, da SOS Cabedelo."

"in ionline - Filipe Duarte Santos e Sara Sanz Pinto, Publicado em 09 de Outubro de 2010 "

Sem comentários: