quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Inovação marca encerramento do Movimento Milénio


Miguel Figueira...

"Pouco passava das 19:00 quando o Convento do Beato começou a receber os convidados para a cerimónia de encerramento do Movimento Milénio 2011. Promovida pelo Expresso e Millennium bcp e aberta ao público em Fevereiro do presente ano, a iniciativa que pôs mais uma vez em concurso as ideias e projectos inovadores dos portugueses terminou ontem, 06 de Dezembro, em tom de requinte.

Foi ao longo do delicioso jantar servido numa tenda montada dentro do próprio Convento do Beato que toda a acção decorreu. Num espaço equipado com um envolvente sistema de projecção de imagens, os já definidos vencedores da competição deste ano puderam apresentar os projectos que, pela sua originalidade e criatividade, foram merecedores de um prémio de 12 500 euros.

Stephanie de Matos foi a primeira a subir ao palco para apresentar o Voto Simplex, projecto vencedor da categoria Democracia que propõe novos meios para as pessoas votarem nas eleições de forma a reduzir a abstenção.

Logo de seguida foi a vez dos mentores da ideia vencedora da categoria Negócios cativarem a atenção dos presentes. Com a designação de InoCrowd, esta é uma plataforma digital que pretende ligar as empresas apostadas em inovar com a comunidade em geral.

Continuando na onda das apresentações, Miguel Figueira aproveitou a oportunidade para apresentar a “Cidade Surf”, projecto vencedor na categoria Cidades que tem a intenção de dinamizar a orla costeira da Figueira da Foz de forma a tornar as suas praias em grandes pólos do surf mundial.

Por último, o vencedor da categoria Consumo “Portable Cloud” teve também o seu momento de notoriedade dando a conhecer uma ideia que tem na sua génese a transformação da água em estado gasoso para o formato líquido.

Francisco Pinto Balsemão

Francisco Pinto Balsemão, Presidente do Grupo Impresa e protagonista do discurso de abertura da cerimónia, aproveitou a ocasião para colocar em destaque o valor de uma iniciativa que “abre janelas sobre o futuro” e cria condições para que a “sociedade civil se exprima e tenha um papel activo” na construção do futuro de Portugal. Apologista de uma “democracia mais participativa”, Balsemão apelou a que cada português passe a acreditar que “a sua iniciativa pode na realidade fazer a diferença”.

Partilhando das palavras proferidas por Pinto Balsemão, já no final do jantar Carlos Santos Ferreira deu por terminada a cerimónia com a crença efectiva de que “todos estes pequenos contributos valem a pena”. Quanto ao futuro, o Presidente Executivo do Millennium bcp confirmou que a iniciativa vai voltar em força no ano de 2012 “com mais pessoas, mais projectos e mais criatividade”.

"in Hard music"

Carlos Santos Ferreira

Sem comentários: