domingo, 9 de fevereiro de 2014

interdição ao surf e similares # POOC 2014

O surf figura neste POOC com as demais actividades desportivas similares na lista das actividades interditas em áreas reservadas a banhistas - uso principal entre Ovar e a Marinha Grande. Mesmo no caso das praias com especial aptidão para a prática de desportos de ondas na época balnear, ao surf, só lhe é permitido ocupar até 30% da extensão da frente de praia, a qual deve ser devidamente assinalada e não conflituante com a zona de banhos. Na prática quando confrontamos estas determinações regulamentares com os Planos de Praia, que inscrevem em toda a frente de mar a zona de banhos, constatamos que a interdição, mesmo nas zonas consideradas com aptidão para a prática dos desportos de ondas, pode resultar numa condicionante absoluta, quer pela aplicação da percentagem no caso particular de Buarcos, com a onda mais comprida, mesmo que em nada afecte a zona de banhos separada pelo penedo, quer em Quiaios ou no Cabedelo onde a rebentação pode ser mesmo em cima da zona de banhos. Também não se percebe como ficam fora das áreas com aptidão para a prática dos desportos de ondas, locais (casos no conselho da Figueira da Foz) como a Leirosa, a Cova-Gala (no primeiro vídeo com o campeonato CIDADE SURF - ver declações do Presidente da Câmara), o Molhe Norte, Hawai, Mina, Portaria, SS, ou a Murtinheira por onde em 2010 passou o WQS***** Lusiaves Figueira Pro (primeiro dia da prova no segundo vídeo).





Por outro lado, não obstante a bondade da inscrição de zonas com especial aptidão para a prática de desportos de ondas, que resulta do reconhecimento de valor daquele uso em determinado local, não se compreende que a protecção prevista nos termos do Plano se prenda unicamente com as operações de alimentação artificial das praias, sendo que é precisamente este o tipo de obra de proteção costeira aquele que menos conflitua com o surf. Na prática, esta norma legítima o atirar de areia para os olhos, sem qualquer restrição quanto à possibilidade de forrar a praia a pedra e betão.

Sem comentários: